4 de fevereiro de 2014

Para ti, contra ele.

Que saudades que tenho tuas. 
Que saudades que tenho de todas as tuas brincadeiras e travessuras. 
De todos os nomes que nos chamavas, de todas as alcunhas dadas.
Que saudades que tenho de te ver sentado, a olhar para nós com aquele olhar de quem está a pensar na próxima maldade que nos ías fazer.
Que saudades que tenho de ver o "Bomba" a fugir dos apertos de bochecha. Da "chincha" a sorrir sempre que brincavas com “ozólhos”.

As saudades são imensas, a vontade de te rever e abraçar é gigante. 
O desejo de te ver com a Mariana ao colo, com o João Maria, o Luis Maria e o Francisco Manuel… Ou até mesmo com a Maria (qual seria a sua alcunha?), ou com o Afonso, o Gaspar e o João Pedro.

Este monstro resolveu levar-te. Assim, arrancado de repente de todos nós. Fica sempre aquela sensação de injustiça, de revolta e de “porquê?”. Ainda hoje não entendo o porquê. Não há explicação. Mas a verdade é que a vida é assim, injusta. E que a nossa vida está sempre por um fio... 

Sei que estás aí, a olhar por todos nós. E que conheces estes teus netos todos e todos os teus sobrinhos netos, mesmo os emprestados! Eu sinto-te e mesmo com lágrimas nos olhos de muitas saudades te abraço em sonhos. 


Agora assumo que tenho um inimigo e que vou lutar contra ele de todas as formas possíveis e imaginárias. E hoje é dia de lembrar que todos nós temos este mesmo inimigo: O Cancro! O nome mais horrível, aquele que soa na nossa cabeça, que nos assombra as noites e os dias. É tempo de lutar contra ele! É tempo de fazermos tudo para que ele passe a ser somente um bichinho pequenino, assustado e que seja controlado por nós.


Está nas nossas mãos sermos mais saudáveis, mais fortes e mais capazes de combater este monstro que me tirou o meu tio, e que tirou alguém à vossa família, ou a alguém próximo de vocês. Vamos lutar contra ele? Juntam-se a mim? Nada melhor que combatê-lo é falar sempre que possível das escolhas saudáveis e FAZÊ-LAS! 

Eu tenho feito escolhas saudáveis, sempre que quero adoçar penso sempre se posso juntar o mel, as tâmaras secas, ou então uso o açúcar amarelo. Com isto não vos estou a dizer que nunca uso o açúcar branco, às vezes uso. Vamos ser equilibrados, não vos estou a dizer que nunca mais podem fazer uma asneira, mas as asneiras só são asneiras se forem feitas de vez em quando. Se forem feitas sempre, aí já são escolhas e estilos de vida não saudáveis.

Hoje é o Dia Mundial da Luta Contra o Cancro. É dia de repensar no nosso estilo de vida e pensar que nós temos tudo o que precisamos para sermos mais saudáveis, basta querer! 

Trago-vos um sumo detox que apresentei no último domingo, no Mercado dos Santos, um evento solidário para ajudar o Diogo. Aproveito para vos dizer que foi uma manhã muito bem passada, onde conheci pessoas muito interessantes. Conheci, finalmente, a Catarina Beato, que foi madrinha do evento, a qual sigo atentamente o seu blogue. Gosto imenso das reflexões dela e da forma como escreve, podem segui-la no seu blogue Dias de Uma Princesa.
E as minhas participantes do showcooking foram tão fabulosas. Foi um grupinho muito bom e conseguimos angariar uma boa quantia para o Diogo. Obrigada pelo convite. Sinto-me sempre revigorada depois destes eventos e sinto-me muito agradecida com a vida que tenho.

Lá falei das propriedades fantásticas que este sumo nos traz. E que se o bebermos regularmente e em jejum as vantagens são imensas. Há quem relate casos incríveis após começar a tomar este sumo em jejum todos os dias. Há, também, quem defenda que o consumo de beterraba ajuda no combate contra o cancro. Eu, que não sou médica, nem nutricionista, acredito piamente!
Podem ler os benefícios da beterraba AQUI neste post.



Sumo Detox de Beterraba

Ingredientes:

1/4 de beterraba
1 maçã
1 cenoura
1 cm de gengibre fresco
1 laranja
Sumo de 1/2 limão
1 c. de chá de sementes de chia
1 c. de chá de mel (opcional)
1 copo de água ou de leite de amêndoas 

Preparação:

Descasque os legumes e frutas e lave-os bem. Coloque todos os legumes e frutas num robot de cozinha, junte o sumo de limão, o copo de água (ou de leite de amêndoa). Reduza tudo a um líquido. Junte as sementes de chia. Coloque o mel se ainda precisar de um extra doce (eu confesso que ainda preciso).
Sirva imediatamente.

Nota adicional:
Todos os anos eu faço alguma coisa que ajude a Liga Portuguesa Contra o Cancro. Já dei um showcooking com a minha querida amiga Teresa a favor da Liga. E todos os anos coloco na minha contribuição de IRS o nib da Liga. A Liga é umas das associações em quem mais confio e que sei que fazem um trabalho fabuloso. Obrigada a todos os que pertencem à Liga Portuguesa Contra o Cancro.
Para doarem basta que ao preencher a sua declaração de IRS, indique o número de contribuinte da Liga (NIF) - 500 967 768 - no quadro 9 do anexo H. Podem ver todas as informações AQUI.

Entretanto li este POST. Vejam, vai ao encontro do que acabei de escrever.

28 comentários:

Mum's the boss disse...

Adorei, Maria João!! E eu conheço quem tenha tido muitos bons resultados graças a um sumo destes! Obrigada por mais um post excelente!

Rute Jacinto disse...

Olá Maria João, fiquei arrepiada com este texto. Neste momento, vivo este drama e convivo com este "monstro" que nos invadiu a casa sem aviso.
De repente, vimos a nossa vida virada do avesso, esta doença que mais cedo ou mais tarde afecta alguém que nos é querido, chegou à casa dos meus pais e o meu pai combate com ela.
Creio que o pior já passou e que os bons dias em breve voltarão.
Este é um post lindo, emocionado e um alerta para todos!
Obrigado por sempre partilhar coisas tão interessantes.
Bjinhos grandes

C. disse...

Olá Maria João. Obrigado por nos relembrar deste dia, que cumpre a importante missão de consciencializar todos nós em relação a este bicho papão que retira tantos sorrisos, que leva tantas vidas, que é tão mau e tão feio. Felizmente nunca lidei de próximo com o Cancro, mas enquanto estudante de Medicina (e como ser humano, como qualquer outro) sei bem as repercussões que traz com ele, e aquilo que com ele leva...
Desde o secundário que me interesso por este assunto e agora mantenho esse gosto e para já é a minha 1ª opção enquanto especialidade para exercer no meu futuro profissional: oncologia. Venho de uma família de médicos, a minha mãe é médica, o meu namorado também estuda Medicina, todos me confrontam com o inegável: "é uma especialidade muito triste, muito deprimente, vais perder muitos pacientes...". E o que eu respondo perante isso? "Eu sei, mas alguém tem que o fazer certo? Porque não eu?" :).
Aconselho a leitura deste artigo do Público: http://www.publico.pt/sociedade/noticia/ser-medico-oncologista-todos-os-dias-e-muito-dificil-se-pudesse-fugia-1467323
Retrata bem a realidade dura desta doença tão má.
Espero um dia conseguir fazer a diferença na vida daqueles que têm a infelicidade de se cruzarem com ela no seu caminho.
On a happier note, o sumo parece delicioso, e eu adoro experimentar combinações improváveis. :) Embora o cancro não tenha uma relação propriamente directa com a alimentação (são mutações genéticas podendo estar associadas a diferentes factores), acredito que uma alimentação saudável, com alimentos que de tão bom e natural têm para nos oferecer, só possam fazer bem e trazer benefícios. Uma alimentação saudável é benéfica para quem sofre com esse monstro. Ao contrário de certas coisas que se vendem por aí, cheias de químicos.

Um beijinho *

Luisa O disse...

És linda. Cada vez gosto mais de ti

Carla Carmo disse...

Maria João,
Nem imaginas como este teu post me toca bem lá no fundo.
Obrigada
Beijinhos

Carla Carmo disse...

Maria João,
Nem imaginas como este teu post me toca bem lá no fundo.
Obrigada
Beijinhos

Gea disse...

Olá Maria João,
Escreveu exactamente o que penso sobre o cancro: também acredito que está nas nossas mãos combatê-lo antes do mesmo bater-nos à porta e sensibilizar às pessoas que elas têm esse poder principalmente com a alteração de hábitos alimentares. Confesso que nunca experimentei este género de sumos (para já limito-me aos sumos de laranja natural, de romã, etc.), mas acredito sinceramente que eles devem ser fantásticos para a saúde. Tenho mesmo de começar a experimentá-los.

Mariana Teixeira disse...

Que lindo post amiga Maria João, por aqui esse monstro também entrou à 4 anos e sem bater à porta ou avisar. Chegou sem permissão e instalou-se sem dar explicações. Não nos preparou, derrubou-nos mas o amor tem falado mais alto e todos os dias é a fé e a esperança que nos vai levantando, segurando e a acreditar que, embora tenha vindo para ficar, nos vai dando tréguas, fôlego e ainda nos tornou mais fortes nesta luta que é a vida. A vida de quem tanto amamos e que nem sequer nos passa pela cabeça perder por isso venha de lá esse detox e façamos um brinde a todos quanto lutam ou convivem com o monstro e aos que o venceram.

sandra neiva disse...

Olá Maria,

um veneno é o que é o cancro, penso muitas vezes nele e nas injustiças que ele comete dou por mim a pensar e a pedir que nunca entre no meu caminho e no daqueles que mais gosto, perdi o meu avô e cancro e a minha marinha também já foi assombrada por ele mas felizmente permanece cá.
Um texto bem emotivo mas com as palavras certas, um texto cheio de injustiças mas com carinho e com a esperança de que quem parte está sempre a olhar por nós.
Da tua bebida tenho a dizer que a cor é deliciosa já por si convidativa, ando com imensa vontade de experimentar estas bebidas na próxima ida ao hiper lá vem comigo a beterraba, quantas gramas tem mais ou menos?
Não sabia do contributo através do IRS este ano irei fazer o mesmo, obrigada por esta informação.

Beijinhos

Ligia Seabra disse...

A cor do sumo é espectacular! E bastante saudável, tenho a certeza. Admiro muito a finalidade desses teus workshops. Adorei o post, muito emotivo e com as palavras certas. Infelizmente a nossa porta está sempre entre - aberta, por isso brindemos a todos que lutam ou que convivem com essa terrível realidade.

Zelia Clavel disse...

Como sempre ,meu amor,gosto do que escreves e da forma como o fazes ! Juntas as emoções e o amor como ingredientes da tua forma criativa de usar a culinária !
Hoje,neste dia especial em que se lembra a luta contra o Câncro ,comoveste-me com a tua saudade!
Permite-me juntar uma saudade que me acompanha desde 1973, dia 5 de Julho...
Essa Mulher,mãe maravilhosa,companheira dedicada e Artista!
Essa que foi exemplo de vida,de amor à vida que a fez sorrir e levantar a cabeça quando já consumida por esse poderoso inimigo ! Essa que usou a mesma força para preparar todos os seus amores para a morte do seu corpo físico!
Sim,tenho saudades da sua voz, dos poemas ditos por ela ,de a ver encher um palco...do seu sorriso,das suas sabias palavras!
Mas ,minha filha a vida é feita de lutas de vitorias de perdas,de derrotas!
Mas mesmo essas derrotas podemos sempre fazer-lhes um golpe de rins e combate-las em outras frentes!
E esses sumos antioxidantes e de maravilhosas propriedades são uma forma de o fazer!
Bebo hoje um copo desse sumo em memória desses dois que creio estarem agora acordados,sabedores e em paz!
Meus beijos com todo o amor!

Ana Cooks disse...

Muito Bom. Ponto.
Um grande abraço!

Lia Teixeira disse...

Lindo post Ma João!
Um discurso arrebatador, sentido e emocionante, para marcar um dia que, de alguma forma já nos marcou a todos e que continuará a marcar.
Linda esta iniciativa para ajudar o Diogo e quanto ao sumo, as imagens falam por si e embora já consuma um parecido, este vai ser testado com certeza, pois com a combinação das sementes de chia, só pode ser magnífico!
Beijinhos,
Lia.

Marmita disse...

Ora bem posso só falar do sumo? Eu sei que posso... beterraba tem a cor mais bonita do mundo e em tudo o que toca fica tingido :) Posso falar de mim? Ora bem eu sou a Marmita e gosto muito de beterraba, eu sei que adoras pessoas que comentam nos teus posts a falarem sobre elas mesmas por isso hoje fiz-te a vontade :D Bem vou só ali a um chat meter veneno, PEACE!

Patrícia Nascimento disse...

Adorei Clavel...sem dúvida esse batido é poderoso!
As fotos estão lindas e o post fabuloso!

Bjinhoos

Chilli Com Todos disse...

Maria joão, gostei muito de ler as tuas palavras. Não sabia que tinhas passado por isso e sinto muito! Gosto muito da tua atitude não só em relação a uma prevenção diária, mas também de consciencialização para um problema que infelizmente está perto de todos nós. Eu há muito pouco tempo vi-me confrontado com essa possibilidade aterradora, e apesar de ter sido falso alarme (felizmente) foi algo que marcou a minha vida e que me atormenta quase todos os dias. Tento por isso fazer as tais escolhas mais acertadas. Um beijinho!

vera ferraz disse...

Nunca sei como comentar posts destes mas nunca consigo ir embora em silencio... Bem, só para dizer que gosto muito do que escreves, como escreves. E gosto de ti. Bj.

Petiscos e Miminhos disse...

As tuas palavras são muito comoventes pois também já perdi pessoas de quem gostava muito para esta doença.
Obrigada por partilhares esta receita e a tua experiência!

Inês Ginja disse...

Lindo Clavel.
É impossível ficar indiferente a este tema, ao ler o teu texto.
Muito bom o suminho! Cheio de coisas boas, já sabes que adoro beterraba :) a cor linda!
Juntas aqui o amor a um sumo lindo, bom e saudável. Que faz bem a todos!
Um beijinho.

Inês disse...

Adoro beterraba! Fiquei rendida a estas fotos...lindas!

Beijinhos,
http://www.madamexicaras.com/

Célio Cruz | Sweet Gula disse...

Olá Mª João!
É impossível ficar indiferente a este post. E eu fiquei bastante sensibilizado assim que o vi logo pela manhã. E queria muito comentá-lo apenas pela receita, mas é mais forte do que eu.
Infelizmente este é um tema que a todos aflige e quase todos nós já vivemos ou estamos a viver uma situação destas, um amigo, um familiar ou alguém muito próximo que sofre dessa doença horrível e luta todos os dias contra ela.
Eu vivi esse drama de muito perto. Há precisamente 16 anos atrás a minha mãe perdeu a batalha contra a doença e acabou por partir. Foram momentos difíceis que nunca esquecerei e que marcam para toda a vida. Não consigo escrever isto sem verter uma lágrima de dor, mas também de saudade. Sei que ela está lá em cima a olhar pelos que gostava, é uma estrela.
E tu, Mª João, és grande. Porque consegues fazer um post destes com uma mestria única e escreves de uma forma linda. Obrigado por fazeres posts como este e por sensibilizares quem te lê para este drama que a todos pode atormentar.
E nunca é demais parar um pouco e fazer as tais escolhas acertadas de que falas, porque um dia, pode ser o nosso dia, e nós queremos estar de consciência tranquila e ficarmos com a ideia de que, pelo menos tentámos.
Obrigado!

Cláudia Rocha disse...


(porque não sei dizer mais.)

Ondina Maria disse...

Na minha familia tratamos o cancro por tu. Infelizmente. Já levou muitas pessoas. Mas deixou outras tantas, por agora, em paz. Como a minha mãe. Por isso bem sei do que falas. E sim. A alimentação é super importante no combate à doença. E claro, sempre a beterraba uma das minhas paixões, é impossivel não achar este sumo maravilhoso. Upa, upa :)

Lume Brando disse...

Que texto bonito, Maria João! Confesso que sou um bocado preguiçosa de manhã e normalmente o meu pa é muito básico, mas estes teus posts inspiram-me a tentar mudar e a experimentar estes super-sumos :) Também gostei muito das tuas tartes de kiwi! A foto da Maria está o máximo! Beijinho
Teresa

Mª João - Ponto de Rebuçado Receitas disse...

Tenho uma relação muito próxima com o "Big C"... com finais tristes, mas também com alguns finais felizes. Levou-me o meu pai, mas a minha mãe sobreviveu-lhe e, há 4 anos atrás, eu própria tive um encontro imediato em 1.ª mão. É um tema, por isso, que faz parte do meu dia a dia e este post diz-me mesmo muito. Obrigada! ♥
Beijinhos

mariana pessoa disse...

Olá gostei de tudo o que li, e tendo passado por um carcinoma de mama á 10anos com quimio e radio sei do que sente tb.
Não fiquei muito rigida na alimentação mas agora tenho sindroma de còlon irritável em versão prisão de ventre é horrivel ainda ando nos hospitais médicos enfim gostava de saber se tem algum livro editado com sumos e outras receitas. Estou um pouco perdida pois isto tem me limitado pessoal e profissionalmente.
Aguardo alguma informação
Beijo e obrigada
P.s. Como estou fora de casa varios dias da semana tá a ver o meu problema não posso andar de marmita pois durmo fora tb mas talveZ tenha algumas ideias pra me dar tou a pensar comprar a bymbi em abril qual a sua opinião relativamente aos robôs?qual o mais eficiente pra si?

Maria João Clavel disse...

Mariana, envie-me um email para clavelscook@gmail.com e falamos por email. É mais simples. Obrigada e um beijinho enorme!

Maria João Clavel disse...

A todos vocês, sem excepção, muito, muito obrigada por todos os vossos comentários. Este post fez com que eu recebesse um carinho incrível da vossa parte e, também, que eu recebesse e soubesse de histórias tristes e outras de sucesso. Vocês são os melhores leitores do mundo. Muito obrigada! De coração.

Enviar um comentário