25 de janeiro de 2017

Um soluço {Azeite congelado com ervas}

Avanço na minha vida atarefada, entre milhares de assuntos, de decisões e de momentos de stress. Faz parte. Decisões e muitas tomadas de posição. A vida vai-se resolvendo, por ela mesma. As miúdas que adoecem, a cadela que estraga a tua manta favorita, a sopa que queimou... os trabalhos de casa que ainda não foram feitos e a bebé que chora porque tem sono e tu estás sem paciência.


Amanhã tens três reuniões importantes. Delas dependem este próximo ano, ou pelo menos vai moldar tudo o que fazes. Mas és forte, consegues combater todas estas decisões. Agora tens pessoas a teu cargo, não podes dar a parte fraca. Mas... mas agora não são só as tuas filhas, também tens pessoas que os ordenados dependem do teu próprio sucesso, do sucesso da tua empresa, então ja não pode haver contenção, nem modéstia, agora tem de se agarrar o touro pelos cornos e gritar a todo vento os serviços que fazes e que os fazes bem feitos.

Chegas a casa, organizas o jantar, convém ser peixe porque foi carne ontem. Terá sido?! Já nem me lembro bem. Mas esqueci-me de ir as compras. E agora? Agora fazemos uma massa com atum, aquela receita que eu não aconselho publicamente, não é das melhores a nível nutritivo, mas ao menos compro menos uma guerra porque as miúdas adoram. Mais uma vez a bebé esta irrequieta, coitada ontem tivemos de ir ao médico, estava com gastrenterite. A mais velha parece estar a ficar. Tenho de ser forte. Toca a mudar de ideias. Vou num instante ao talho, faço antes uma canja sem gordura nenhuma, mais vale prevenir. Acontece o que previa. Uma semana inteira de doenças.

A energia vai esgotando. Mas tenho de ser forte. Tenho de manter a casa, o trabalho, a família, ah! amanhã tenho reuniões importantes.

Mas eu não fui forte, e quando menos esperei apoderou-se de mim um ataque de ansiedade incontrolável. É por tudo isto?! Talvez. Só sei que a vida tem de ser mais calma, mais tranquila, mais vivida nos momentos e sem tanto stress. Como posso acalmar? Como consigo eu fazer a pausa, a respiração, manter-me em paz? Não é fácil, nem é de um dia para o outro.

Não serve este post como uma solução milagrosa, é só um soluço no meio do desabafo. No meio da imensidão de coisas boas que a vida me dá, mas acreditem, não são só rosas.

O que mais desejo é que este ano seja assim, tão simples, tão aromático, tão maravilhoso e tão fácil quanto este azeite aromatizado.




Têm aqui o passo a passo para a elaboração destes azeites aromatizados. Tão simples e tão práticos. É uma excelente forma para preservarmos as nossas ervas aromáticas e acrescentarmos sabor de imediato aos nossos pratos. para quê complicar, quando tanta coisa na nossa vida pode ser assim tão simples?

3 comentários:

Leonor Cerveira disse...

Olá :)...
Que bela sugestão, adorei!
Beijocas

http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

Anónimo disse...

Fantástico.
Sugestão para pôr em prática já!
Parabéns pelo blog.
Bjs

Anónimo disse...

Parabéns pelo blog.
Obrigado pela sugestão fantástica!
Bjs

Enviar um comentário