Mostrar mensagens com a etiqueta saladas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta saladas. Mostrar todas as mensagens

3 de março de 2017

O poder no feminino {Granola Salgada de Bacon e Tomate Seco}




Há pouco mais de um ano que abri a minha empresa. Como tantas vezes desabafei neste blogue, esta decisão foi das mais complicadas e arriscadas da minha vida. Mas hoje, passado tão pouco tempo não podia estar mais feliz e concretizada. O dia da mulher está aí a chegar e se há dia que eu gosto é o 8 de Março. Apesar de se ter transformado num dia super comercial, em que o que interessa é dar uma flor às mulheres, o 8 de Março é bem mais importante do que dar uma rosa às mulheres.

7 de janeiro de 2015

O regresso com um brunch delicioso e saudável



É tão bom voltar a fotografar e a escrever aqui. Este blogue é bem mais terapêutico do que alguma vez imaginei. Escrever e colocar fotografias das minhas comidas é mesmo bom. Todo o processo é verdadeiramente gratificante; desde o pensar o que cozinhar, cozinhar, preparar o set para a fotografia, fotografar, editar as imagens e depois vir escrever é todo um processo que me faz bem. E agora, com a bebé a dormir ao meu lado, sendo interrompida de quando em vez, para mudar fraldas, dar de mamar, mimar, pô-la a arrotar, ajudá-la com as dorzinhas e cólicas e enquanto a mana mais velha não chega, venho aqui escrevinhar estas frases para vocês.

30 de agosto de 2014

31 de julho de 2014

Um "gritinho" e uma salada de potas e farfalle

Quem me segue por aqui sabe que sou pouco de reclamar das coisas em geral, muito menos da vida. Mas já ando há algum tempo a querer escrever sobre este assunto que me tem deixado inquietada.

15 de maio de 2014

E hoje? És feliz?

Viver um dia de cada vez, tentar apreciar o que cada dia nos traz parece-me, cada vez mais, ser a chave para a felicidade.

Recordo-me de uma Professora de português, Professora com maiúscula, a Professora Laura Aroso, que tive no meu 9º ano. Foi daquelas pessoas que me marcou para a vida e que me ensinou tanto de português como da própria vida. Tornou a leitura d'Os Lusíadas num dos maiores prazeres de leitura da minha vida. Conseguiu fazer uma turma de 28 alunos apaixonarem-se pelos 10 cantos da obra. Mas hoje falo-vos nela por uma outra situação, uma lição de vida que aprendi aos 14 anos e que ainda hoje me faz sorrir.

7 de maio de 2014

O que importa é variar!

Comecei a perceber que muita gente que vem cá a casa gosta muito das minhas saladas. Claro que pode ter a ver com os ingredientes que misturo na própria salada, mas o molho é algo fundamental para que uma salada funcione na perfeição. Eu vario imenso nos molhos. Estou sempre a acrescentar especiarias, e para vos ser sincera, uso muito o que tenho à mão naquele momento.

5 de maio de 2014

A primavera numa salada

Sou uma verdadeira amante de saladas. Seja no Verão, na Primavera, no Outono ou mesmo no Inverno. Desde sempre que devoro saladas, acho que desde que comecei a comer sólidos que sempre delirei com as saladas que a minha mãe fazia. Mas quando comecei a cozinhar percebi que podia e devia variar os legumes e, até, incluir fruta.

17 de março de 2014

Uma salada colorida e divertida e um dia inesquecível

Fui convidada pela associação Aptece para ir à BTL, em Lisboa, dar um workshop a crianças. Como sabem eu adoro crianças, são os nossos melhores críticos e conseguir que eles comam o que acabaram de fazer é uma vitória gigante. E o resultado foi maravilhoso, eles gostaram e as repetições do prato e sobremesa foram muitas.

6 de novembro de 2013

Uma salada cheia de dicas para as grávidas

Está-se a aproximar o final do ano. Já entramos em Novembro e, inevitavelmente, começamos a reflectir em tudo o que alcançamos este ano. O que de bom nos aconteceu e nas coisas menos boas, ou até más. Com estes pensamentos começamos a tentar organizar o nosso novo ano, novas ideias, novos projectos, comer bem, filhos ou mais filhos... Todas estas questões surgem-nos, mesmo que não sejam por esta ordem de ideias, muito menos por ordem de prioridade. Mas são pensamentos que nos surgem com muita frequência e, a mim, ainda mais quando chego a um limite, como por exemplo, o final do ano.
E penso muitas vezes, que adorava ter coragem para engravidar. Adorava dar outro filho/filha ao meu marido e um mano/mana à minha filhota. Mas ainda não sinto que seja a altura certa e, principalmente, porque quero, neste novo ano que se aproxima, poder ajudar quem está grávida. Sempre adorei tudo o que se relaciona com a gravidez e, lembro-me de na época em que estava grávida da Maria, não havia quase ninguém que me soubesse ajudar em questões diárias... e então, relacionadas com a alimentação pior ainda.
E que pensei eu então? Vou começar a colocar dicas para as grávidas. Falar de toxoplasmose, de ácido fólico, de lanches, de batidos, de tudo o que uma grávida precisa de saber.

E hoje, começo com uma salada. E pensam assim algumas grávidas: "Boa. Começa logo por uma salada que eu não posso comer, pois tem alface e eu não sou imune à toxoplasmose."
Então preparem-se meninas. Porque a primeira regra da gravidez é que podem comer de tudo (ou praticamente tudo), desde que em proporções certas e com os cuidados necessários.

Não vou colocar aqui neste post tudo o que envolve a alimentação saudável da grávida, nem pensar, até porque tornaria (ainda mais) longo este meu texto. Hoje vou falar do ácido fólico, como aumentar as doses de ácido fólico, que tipo de ingredientes podem e devem comer que contêm ácido fólico.
Esta salada que vos apresento está "carregadinha" de ácido fólico. :)



Salada de abóbora e bróculos assados

Ingredientes:

Mistura de alface, rúcula e espinafres escuros
Couve-roxa
3 rabanetes
50g de esparguete integral
150g de abóbora amarela
1/4 de pé de bróculos
1 mão de cajus torrados
1/2 mozarella de búfalo
20g de queijo cremoso
1 dente de alho
Microvegetais de beterraba (Life in a Bag)
oregãos q.b.
sal e pimenta preta q.b.
Azeite extra virgem
viangre balsâmico

Preparação dos alimentos antes de os cozinhar (especialmente para as grávidas):

Sendo não imune à toxoplasmose os nossos cuidados com os alimentos que ingerimos aumentam consideravelmente. Mas na época em que engravidei fez-me pensar que deveria fazer esta preparação sempre, pois evito contaminações que não queremos, estando ou não grávidas. Para não se infectar com toxoplasmose terá de recorrer a uma desinfecção dos vegetais e frutas que comer crus.

Desinfecte todos os vegetais com vinagre branco. Como fazer?

Coloque uma taça com água fresca. Dentro da mesma coloque todos os vegetais que utilizar. Regue bem com o vinagre. Há quem prefira um desinfectante químico. Eu não uso, não gosto do sabor e confio mais nos produtos naturais. O vinagre é um excelente desifectante natural. Deixe os legumes na água cerca de 5 a 10 minutos (depende do tempo disponível).
Enxague muito bem a água. Eu costumo usar aquelas "caixas" que têm uma manivela, mesmo própria para as saladas, sabem do que vos falo? (não sei o nome).

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Após ter desinfectado e todos os vegetais estarem secos podemos começar a prepará-los.
Num tabuleiro que possa ir ao forno coloque a abóbora partida aos cubos e os bróculos.
Regue com um fio de azeite generoso, tempere com sal e pimenta preta, folhas de oregãos e o dente de alho fatiado fininho.
Leve ao forno sensivelmente por 10 minutos. A meio tempo coloque o queijo mozzarela por cima, aos pedaços.
Entretanto coloque água a ferver no tachinho com sal. Quando levantar fervura coloque o esparguete a cozer.
Numa taça ou travessa distribua as folhas de alface, rúcula e espinafres, a couve-roxa fatiada em juliana muito fininha, rodelas dos rabanetes, o queijo cremeso em pedaços muito pequeninos e o caju.
Entretanto quando a massa cozer retire-a do lume e escoa bem. Passe por água fria durante 1 minuto, mexendo com a mão levantando-a para retirar toda a goma (isto também ajuda a arrefecê-la).
Coloque a massa por cima da salada.
Entretanto retire do forno a abóbora e os bróculos. Coloque numa taça à parte, pois estão quentes e queremos comê-los assim... quentinhos!
Para finalizar a salada distribua os microvegetais de beterraba e tempere com azeite, vinagre, sal e pimenta.

O que é o ácido fólico?

O ácido fólico ou folato está presente em muitos alimentos, especialmente nos vegetais de folha escura. É um nutriente muito importante na gravidez pois ajuda a prevenir defeitos no tubo neural do bebé em formação. Por causa desse risco, normalmente os médicos sugerem um suplemento alimentar em cápsulas de ácido fólico, mas o mesmo é encontrado nos alimentos e devemos sempre pensar que a nossa alimentação não passa de medicação e, por isso, devemos ter atenção ao que comemos e como poderemos ajudar no apoio às nossas necessidades físicas.

Porque é que esta salada ajuda a aumentar os níveis de ácido fólico?

Os alimentos ricos em ácido fólico são os vegetais escuros: como os bróculos, as ervilhas, as couves, os espinafres e a alface.
São igualmente ricos em ácido fólico os feijoões, o grão-de-bico, a laranja, as frutas secas, as nozes, as amêndoas, para além das massas e pães integrais.
Como podem verificar esta salada está repleta destes ingredientes. E posso garantir-vos. Eu comi esta salada em companhia da minha amiga Svietta. E ficamos ambas satisfeitas. Preenche-nos por completo.
Nota final

Espero conseguir escrever mais vezes acerca da gravidez e como podemos beneficiar com uma excelente alimentação. Como conseguimos alimentar o nosso bebé sem engordar exageradamente, e obtendo os nutrientes e vitaminas necessárias.

Os microvegetais sendo plantados dentro de casa num ambiente controlado não há perigo de contaminação por toxoplasmose.

15 de outubro de 2013

Salada Outonal com frango Teriyaki | Mercado de Sabores


© Chef Online

Dias 4, 5 e 6 de Outubro o Porto.come regressou à Alfândega do Porto para o Mercado de Sabores do Continente com 3 dias inteiramente dedicados ao melhor da gastronomia nacional, num evento que juntou grandes chefs, músicos e produtores nacionais.

Não imaginam como me senti quando recebi o email da Porto.come a convidar-me para participar num showcooking no evento. Pensei que se tivessem enganado, mas afinal era mesmo para mim. Levantei-me da cadeira, respirei fundo e fui fazer um chá. Voltei a sentar-me, limpei as mãos transpiradas do estado de nervos e respondi que sim... claro, não havia dúvida.
A doce e querida Inês que me convidou foi sempre tão amorosa que me fez sentir cada vez mais confiante e lá arregacei as mangas. Resolvi levar uma salada outonal com frango teriyaki, um pouco complexa, mas muito deliciosa.

Gostei imenso do evento, muita variedade, conheci imensos produtores a quem eu comprava os produtos e que não fazia ideia de quem estava por trás dos mesmos. A confiança cresceu ainda mais nos produtos seleccionados pelo continente.

A animação do evento foi uma constante. muita música, muitos pequenos acontecimentos, muita cor, muitos aromas, muita comida, muitas provas de vinho, animadores mascarados de artistas musicais conhecidos; dei de caras com a Amy Whinehouse e com o Michael Jackson, por exemplo. Foi muito engraçado. Havia, também a Popota que divertia as meninas (estive cerca de 1 hora a ver dançar a minha filha a dançar com a Popota.. eheheh)


No dia 5, logo pela manhã, fui a primeira do dia. Apresentei a minha receita. Tive como ajudantes duas profissionais, alunas da Escola de Hotelaria do Porto, a Isa e a Lee. Duas queridas, lindas e simpáticas meninas que me ajudaram imenso. Adorei trabalhar com elas.

Para além dos nervos que me assolavam, gostei imenso da experiência. Confesso que gosto de falar em público e que o facto de ser professora me dá um certo conforto e à vontade. Senti falta de maior contacto com as pessoas, mas no final adorei ver que todos os pratos ficaram vazios e que toda a gente me veio dizer que adorou a salada. Inclusive crianças que lá estavam e que comeram a salada e gostaram. Para mim isso é o que vale tudo!

© Chef Online

O fantástico deste evento, é que para além dos grandes chefs e músicos, estiveram, também, 6 bloggers convidados. Eu, a Teresa do Lume Brando, a Joana do Le Passe Vite, a Inês do Ananás e Hortelã, o Filipe do Chilli Com Todos e a Isabel do Cinco Quartos de Laranja. A única com quem não estive e que tenho muita pena, foi a Isabel... (mas acho que ela nem me conhece). Mas os outros bloggers foi tão bom, pois estivemos juntos, e alguns tive, finalmente o prazer de conhecer pessoalmente.

No último dia do evento estiveram muitos bloggers, foi óptimo e conheci a Ana do Petiscos e Miminhos, a Ondina do Coentros e Rabanetes, a Rosa do Be nice Make a cake e ainda as minhas queridas Luisa do Mundo de Luisa e a Naida do Frango do Campo. Foi uma maravilha este encontro da blogosfera.

A receita 
Salada Outonal com frango Teriyaki

E aqui deixo a receita do dia. É uma salada muito boa, uma refeição maravilhosa, saudável e diferente. Experimentem!

Ingredientes:

2 peitos de frango
1 molho de espargos verdes
10 tomates-cereja
1 lata de bambu
Massa lacinhos bicolor
1 molho de coentros
10 folhas de manjericão
Alface frisada bicolor
Molho teryiaki
1 lima
Sementes de linhaça
1 cubo de caldo de legumes
1 cubo de caldo de carne
2 cebolas
5 dentes de alho grandes
Sal
Chili vermelha
Azeite extra virgem

Preparação:

Descasque os espargos. Reserve as aparas e os espargos.
Faça um caldo com os 2 cubos de caldo, uma pitada de sal, 2 cebolas em cubos, 2 dentes de alho e as aparas dos espargos. Deixe levantar fervura e coloque os peitos de frango a cozer em lume médio.
Coloque os espargos e os tomates-cereja numa assadeira. Tempere com sal e azeite. Leve ao forno a assar.
Coza a massa lacinhos bicolor.
Parta em juliana a alface. Pique os coentros e o manjericão. Coloque numa saladeira ou prato grande. Reserve.
Quando o peito do frango estiver cozido retire do lume e lasque-o bem.
Numa frigideira coloque 3 dentes de alho picados finamente e azeite. Junte o frango esfiapado. Deixe alourar bem. Junte o bambu. Sacuda bem a frigideira e acrescente o molho teriyaki. Deixe que ganhe a cor acastanhada do molho. Retire do lume.
Retire a massa cozida e passe por água fria durante 5 a 10 segundos. Junte à alface a massa e o frango. Com a ajuda de uma colher mexa bem. Retire do forno os tomates e os espargos. Corte aos pedaços os espargos e coloque tudo sobre a salada. Volte a mexer. (sempre com cuidado para não desfazer os ingredientes).
Parta aos pedaços finos a chili vermelha e coloque na salada.
Tempere com sumo e raspa de lima.
Finalize com as sementes de linhaça.




19 de setembro de 2013

Abóbora hokkaido recheada e uma ode à amizade!

Isto de ter um blog de culinária tem muito que se lhe diga. Começou por ser uma partilha do "meu" caderno de receitas com os meus amigos. Depois, mais tarde, comecei a ficar mais entusiasmada com as fotografias, comecei a usar uma lente 50mm que o meu irmão me emprestou e fiquei a "conhecer" outras bloggers. Hoje acho que já se tornou tanto uma paixão assolapada como uma obsessão. Já faço as minhas próprias tábuas de madeira, já penso nas receitas como funcionarão a nível fotográfico e só depois imagino a diversidade de sabores... enfim... o processo criativo é uma roda viva e isso faz-me ansiar pelo momento em que posso cozinhar, fotografar e posteriormente partilhar, para ansiosamente saber o que vocês acham, se gostaram, se têm dúvidas. Enfim... adoro cada vez mais este meu cantinho.
E isso transforma, também, as minhas idas ao supermercado, mercearias e frutarias. E desta vez foi isto mesmo que aconteceu, passei pelas abóboras e vi esta, linda, maravilhosa. Imaginei-a recheada com carne, ou com uma sopa de abóbora, ou até mesmo com uma salada quente. Não conhecia as abóboras hokkaido, foi a primeira vez que as vi, mas como disse neste post, a descoberta começou a fazer parte do dia-a-dia e a vida assim tem muito mais piada. Comprei-a e posso garantir-vos que será para repetir a compra. É deliciosa.
E, também, como este cantinho fez com que eu conhecesse pessoas fantásticas, a querida Teresa do Lume Brando, disse-me para eu experimentar a abóbora também em saladas (que fica mesmo bem!! a Teresa sabe o que diz!). E, por isso, é que a vêm cortada ao meio, pois um pedaço foi para a salada!


• Abóbora hokkaido recheada com couscous •

Ingredientes:

1 abóbora hokkaido
30g de couscous
50g de bacon às tiras
4 cogumelos portobello
2 dentes de alho
1 pacote de chá de citrinos
1c. de sopa de oregãos
sal q.b.
pimenta preta
azeite extra virgem
queijo mozzarela

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Abra a abóbora com uma tampa. (Eu dividi a meio porque utilizei uma parte para fazer a salada abaixo). Coloque a abóbora no forno (a parte para a salada não vai ao forno) temperada com um fio de azeite e sal. Deixe ficar durante 10 minutos.
Ferva água com o saquinho de chá. Coloque o couscous numa taça com sal e pimenta. Cubra-o exactamente com a mesma medida do couscous o chá fervido. Deixe repousar, até a água ser absorvida pelo couscous.
Numa frigideira coloque o alho partido finamente, o azeite e uma pitada de sal. Deixe o alho alourar e coloque os cogumelos fatiados aos pedaços, o bacon e os oregãos. Deixe refogar um pouco e junte ao couscous.
Retire a abóbora do forno e recheie com o preparado de couscous. Cubra com queijo e leve ao forno até o queijo ficar tostado.


Salada com abóbora hokkaido e microvegetais Life In a Bag

Ingredientes:

4 folhas de alface
1 mão cheia de coentros
1/2 pimento veremelho
2 fatias de abóbora hokkaido às fatias muito fininhas
4 nozes partidas aos pedaços
Microvegetais de rabanetes q.b.
Azeite extra virgem
Vinagre balsâmico
Sal q.b.

Preparação:

Corte em juliana a alface e os coentros. Parta aos cubos o pimento. Misture todos os ingredientes e tempere com os molhos. É simplesmente deliciosa. A abóbora é adocicada, fica mesmo boa em saladas.

---♥---

Gostaria de dedicar este post a 3 meninas que têm sido uma verdadeira descoberta. 3 meninas que me motivam diariamente, que puxam por mim, que são verdadeiras fontes de inspiração.
Obrigada por estarem desse lado, obrigada por serem minhas amigas.
Esta abóbora é vossa: Inês, Sandra e Naida!! Love you, girls!

6 de setembro de 2013

De volta ao ginásio e uma saladinha muito saborosa e colorida

Hoje, finalmente, consegui voltar ao ginásio. Após alguns problemas de saúde que me obrigaram a sair do ginásio e depois vieram as férias, consegui finalmente estabilizar, voltar ao normal e encher-me de coragem e rumar ao ginásio. Fui a uma aula de pilates (supostamente menos dura, mas o que é certo é que já estou cheia de dores nas pernas, abdominais e glúteos - nem quero imaginar amanhã!).
Quando estava a voltar só imaginava fazer uma salada bem vitaminada e colorida - soube-me tão bem!!!
Custa começar, mas no regresso a casa o sorriso cobre a cara toda, a sensação de satisfação por ter ido, por estar a melhorar. E como diz um grande amigo meu (e que me inspira a fazer mais e melhor), posso ir devagar, mas sou mais rápida dos que ficam no sofá. Toca a sair do sofá. Faz bem ao corpo e à mente.

Salada de salmão fumado e nectarina

Ingredientes para a salada:

1 embalagem de salmão fumado
Alface (usei a da minha horta!)
Pimento vermelho
Tomate coração-de-boi
Massa em lacinhos 
1 nectarina
Parmesão
Raspa de lima

Preparação da salada:

Num tachinho coloque água e sal e coza a massa.
Lave todos os legumes e distribua-os na saladeira ou travessa. 
Coloque a massa arrefecida por cima dos legumes. Raspe o parmesão e a lima.

Dip de iogurte

Ingredientes para o dip de iogurte:

1 iogurte tipo grego sem açúcar
1 c. de sobremesa de ketchup
1 c. de chá de molho teriyaki (comprei este)
1 c. de café de picante (usei o que a minha querida amiga Pipas do Delícias da Pipas me ofereceu)
1 pitada de sal fino

Preparação do dip:

Misturar todos os ingredientes numa tacinha.




Fiz, ainda, um refresco de lima e limão com água tónica que ficou divinal.

Refresco de lima/limão

Ingredientes:

Sumo de 1 lima
Sumo de 1/2 limão
2 c. de sobremesa de açúcar amarelo
Gelo q.b.
Água tónica q.b.

Preparação:

Coloque o açúcar no copo e os sumos do limão e da lima. Mexa bem.
Coloque o gelo. Pegue numa colher de metal e encha com a água tónica a escorrer sobre a colher (para qu enão perca gás). Coloque uma palhinha e delicie-se com esta bebida espectacular.

25 de julho de 2013

Salada de couscous, rúcula, presunto, rebentos... E mais coisas super saborosas.


Esta foi daquelas saladas que devorei num instante. Ficou mesmo à minha medida, super saborosa, com uma explosão de sabores diferentes e contrastantes. Hummmm.... 
E a acompanhar esta cerveja artesanal Sovina que é simplesmente divinal. Comprei na Kaxoá que é uma loja de chocolates, cafés e doces que me deixa encantada. Tem produtos fantásticos e é mesmo aqui ao meu lado. Vejam na página deles.

Salada de couscous, rúcula, presunto, rebentos...

Ingredientes:

Couscous
Casca de meio limão
Saco de chá de citrinos
Tomate seco
Pimenta preta moída na hora
Rúcula
Rebentos de feijão mungo
Presunto
Azeitonas
Bolbo de funcho
Sal q.b.
Sumo de meio limão
Fio de azeite virgem
Molho caeser (comprei já feito)

Preparação:

Coloque a mesma medida de couscous de água a ferver. Na água coloque um saco de chá de citrinos, junte um pouco de sal na água. Deixe ferver e depois cubra o couscous. Coloque o tomate seco, a casca do limão e a pimenta preta e mexa um pouco e deixe a água repousar.
Entretanto coloque na travessa, saladeira ou tábua (como eu fiz) a rúcula, os rebentos, o presunto, as azeitonas, o bolbo de funcho cortado finamente e pouca quantidade.
Quando o couscous tiver pronto, com a ajuda de um garfo solte-o. Coloque por cima da salada e regue com o sumo de limão o fio de azeite.
Tempere com molho caeser.






1 de maio de 2013

Salada de Morangos&Laranjas com coulis de morango

Uma refrescante e primaveril salada de frutas. Não tem grande ciência, mas é tão boa que tem de constar aqui no meu "portfolio" de sobremesas fáceis e rápidas.

Salada de Morangos&Laranjas com coulis de morango

Ingredientes:

2 laranjas grandes (usei laranjas do Algarve)
12 morangos (6 para a salada e 6 para o coulis)
2 c. de sopa de açúcar
1c. de café de canela
hortelã para decorar

Preparação:

Descasque as laranjas e parta-as aos cubos. Lave bem os morangos e parta-os em 4. Junte tudo numa saladeira.
Num copo de varinha mágica, ou num liquidificador ou no copo da bimby, coloque os 6 morangos, o açúcar e a canela. Moa tudo até ficar um puré.
Junte o coulis à salada e sirva-se!

27 de abril de 2013

Salada crocante (acelgas tricolor, rabanete e requeijão) e uma ida à feira biológica



Hoje foi dia de ir à feira biológica do Parque da Cidade, no Porto. Nunca lá tinha ido e quem me disse foi a querida Teresa do Lume Brando. Obrigada!! A feira é fantástica. :)

Comprei imensas coisas, mas para além dos legumes mais comuns encontrei estes fabulosos (ver imagem abaixo), que tenho tanta dificuldade em encontrá-los.

Mostro-vos agora uma salada com alguns dos legumes que trouxe de lá. Eu adorei, sabores diferentes e ficou lindíssima, muito colorida, muito primaveril :)

Salada crocante com requeijão

Ingredientes:

2 rabanetes
5 folhas de acelgas grandes com cores variadas
1 fatia grossa de beterraba laranja (poderá substituir por beterraba normal)
50g de requeijão
Sementes de sésamo

Preparação:

Retire os caules das acelgas e reserve. Corte as folhas de acelga às tiras. Faça o mesmo com os caules, bem mais fininhas. Corte às fatias finas os rabanetes (eu usei uma mandolina). Com o pedaço da beterraba corte no sentido vertical às fatias muito finas. Desfaça com as mãos ou com um garfo o requeijão e polvilhe. Distribua as sementes pela salada.

Ingredientes para o molho:

Azeite virgem
Vinagre balsâmico
Sal refinado q.b.
Pimenta preta moída na hora
Sumo de 1/2 limão
1 fatia fina de gengibre fresco
1 dente de alho muito pequenino
Tomilho-limão q.b.

Preparação tradicional para o molho:

Coloque numa picadora o alho, o gengibre, o sal e a pimenta e pique tudo muito bem. Junte o azeite, o vinagre e o sumo de limão. Mexa tudo muito bem e sirva.

Preparação bimby para o molho:

Coloque no copo o alho, o gengibre, o saln a pimenta, o azeite, o vinagre e o sumo de limão e programe vel.5/15seg. Bom apetite.



1 de abril de 2013

Salada com morangos e 2 molhos (com vídeo) - DeBorla


Workshop Clavel's Cook na loja DeBORLA Porto - Salada com morangos e 2 molhos from Clavel's Cook on Vimeo.


Aqui está o segundo vídeo da primeira receita apresentada no workshop na DeBORLA, Porto.
Desta vez é a receita de salada com morangos e 2 molhos. :)
E, não se esqueçam, no próximo sábado dia 6 de Abril haverá novo workshop.


22 de fevereiro de 2013

Salada de chili, acelgas e morango


Muitas vezes porque é Inverno e temos frio achamos que não é uma boa altura para uma salada. Para mim todos os dias e todas estações pedem-me saladas. Adoro saladas, são raros os dias em que não como uma salada. E, mesmo quando estava grávida, tinha o cuidado de desinfectar os legumes e, fazia-o todos os dias. 

Salada de chili, acelgas e morango

Ingredientes para a base (quantidades à escolha, depende do tamanho da salada):

Acelgas
Morangos
Tomate

Lave bem os legumes e os morangos. Distribua numa saladeira com o tomate e os morangos cortados aos gomos.

Ingredientes para o molho:

30g de coentros picados
1 chili
Sumo de 1/2 limão
Sal q.b.
40g de azeite extra-virgem


Preparação:

Abra o chili a meio e retire as sementes (se quiser um molho mais oicante aproveite as sementes).
[Se retirar as sementes poderá guardar e aproveitar para depois fazer um molho picante.]
Parta às rodelas fininhas o chili.
Numa tacinha coloque os coentros picados, o chili, o azeite, o sumo de limão e o sal. Mexa bem com a ajuda de um garfo.
Coloque por cima da salada e sirva de imediato.




28 de janeiro de 2013

Salada + cogumelos salteados - Dia de ginásio = a comida saudável


Hoje trago-vos uma receita que adoro. Saladas e cogumelos salteados, são comidas leves mas muito apreciadas cá em casa.



Salada de Rúcula

Ingredientes:

Rúcula
Pimento vermelho
Queijo feta
Azeitonas
Presunto aos cubos
Queijo de cabra ralado
Azeite extra-virgem
Vinagre balsâmico cremoso
Sal aromático q.b.

Preparação:

Parta o pimento às tiras e disponha todos os ingredientes num prato ou numa saladeira. Tempere com um foi de azeite, o vinagre balsâmico e o sal.


Cogumelos salteados

Ingredientes:

Cogumelos
Coentros
2 dentes de alho
Azeite extra-virgem q.b.
Sal q.b.


Preparação:

Salteie os cogumelos numa frigideira com o alho e os coentros picados e uma pitada de sal.


15 de maio de 2012

Salada de acelgas e pêssego


Parece que veio, finalmente, a Primavera. Infelizmente dizem que já na próxima quinta-feira irá outra vez embora, mas enquanto se sente este calor, o sol a bater na cara e os passarinhos a cantar de felicidade à volta das flores a florescer por todo o lado, nada melhor do que começar a fazer saladas.
Mostro-vos, hoje, uma salada primaveril, muito fresca, e com sabores bastante acentuados mas muito agradáveis. Esta salada acompanha tanto carne como peixe.

13 de março de 2012

E se o prato da salada for comestível? • What if you could also eat the plate?


Ontem durante as minhas leituras "blogueanas" encontrei uma receita divinal. Chamava-se "Salada grega na cumbuca de massa" do blogue Casa, Coisas e Sabores. Adorei a ideia, simplesmente divinal. Daquelas ideias maravilhosas, tão simples e que nos fazem pensar "como é que nunca me lembrei disto antes"?
Claro que nem perdi tempo, mal a vi fui logo experimentar. A minha cumbuca, não ficou lá muito perfeita, pois untei mal e ficou colada a massa, mas acabou por ficar uma espécie de terrina e serviu na perfeição e acabou por ficar linda e super saborosa. Quem me segue sabe que amo saladas, mas o meu marido come só um pouco quase por obrigação, mas esta, com a massa de pizza aromatizada, bem... ele adorou, pois serviu-se duas vezes, e bem generosas! :)
Yesterday, during one of my blog reading sessions I found a heavenly recipe. It was called Salada grega na cumbuca de massa (Greek salad in dough bowl) from the blog Casa, Coisas e Sabores. This is one of those marvellous ideas which are so simple that we find ourselves asking: ‘How come I didn’t of this before?’
Obviously, I didn’t waste any time and set out to try it at once. My cucumba (bowl) wasn’t that perfect because I didn’t grease it properly and the dough got glued, but it ended up being like a sort of tray, which worked out perfectly. It was beautiful and super tasty. Those who follow me know I love salads, but my husband almost eats it out of duty. However, this salad with scented pizza dough, well... he loved it. He helped himself twice in large portions! :)